quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Dia dos Professores - Minha Homenagem

Hoje Dia do Professores, eles merecem e muito serem homenageados, principalmente os meus coitados, que sofreram comigo. Sempre fui péssima aluna, muito extrovertida, mas vivia no mundo da lua e de vez em quando
a professora me dava um "Acorda Alice", batia com a régua na mesa e eu dava um pulo de susto. Ainda bem que eu nunca tive nenhum problema Cardíaco. E então , o Post de Hoje eu dedico a todos aqueles que eu fiz sofrer, :P.
A Dona Adélia, LÓGICOOO!!! ...A primeira a gente nunca esquece, e era boazinha que só ela, mas naquela época eu também era uma "anjinha", hehhee...
A Dona Josilma, a quem eu devo a letra linda que eu tenho hoje, porque naquela época...ai, aiiii..eram só garranchos, e ela me agarrava a orelha e me fazia escrever inúmeras vezes no caderno de caligrafia.Benditos puxões de orelha. :P ...A Luzia, que era minha "fessora" de Geografia, brava que só ela! Me fazia cantar músicas, trocando a letra original por nomes de continentes, Países etc...ficavam rídiculas, mas funcionavam e na hora da prova era só cantare pimbaaa...ihihiihih.  O Lucio, que era Professor de Matemática, esse sofreu heimmm...coitado!...Perturbamos tanto ele, que até fizemos o casório dele com uma aluna, que era minha amiga de classe, vizinha e é amiga até hoje e eles também estão juntos até hoje...lindo né? rs
O Professor Neemias, de Português, ele me chamava de "pedra bruta"..hehehh...pelos erros de português que vocês vêem dá pra perceber que ele sofre até hoje. Mas foi com ele que eu aprendi a gostar da leitura.
O Professor Cardoso, de matemática de novo...rs...pra mim a pior matéria, mas ele  foi o único que conseguiu a proeza de me fazer tirar 9,0 ( na minha época era assim), se eu estivesse oferecendo um prêmio, ele seria o vencedor..hihihi....O professor Jocival, que pro meu desespero era "vesgo", e eu nunca sabia pra onde ele estava olhando, então eu não conseguia colar nas provas dele. Ele me dizia que a única aluna que ele tinha  a qual ele não tinha graça punir com um zero, era eu, rs....porque ele dizia que pra mim, zero e dez valia  a mesma coisa. E ele tinha razão, eu não estava nem aí, pra tristeza da minha mãe. rs
Mas felizmente minha filha não me puxou e é uma ótima aluna e eu espero que ela continue assim e não siga o exemplo da mãe, que matava os professores de ódiooo..rs
Apezar disso, sou amiga da maioria deles até hoje e nunca fiquei reprovada, pois eles sempre me davam uns pontinhos pra passar de ano. rs...uns amoress..rs

Acho que eles queriam mesmo era se livrar de mim. [ :o] 
massss enfimmmm...





FELIZ DIA DOS PROFESSORES.
O que será do futuro sem vocês???
E aos meus ex-professores agradeço por me aturarem. :))

4 comentários:

Esther cyrraia disse...

bela homenagem a esta classe tao sofrida, ao mesmo tempo amada e odiada!
adorei o seu blog e estou seguindo!
xeru

njlo75 disse...

nossa,adoro contos,mini-contos,crônicas,um bom romance,confidências,e principalmente um belo poema escrito com intensidade.olha,eu gostei de seu blog..temas interessantes para quem não se opõe a uma boa leitura...e bem discursivo.podes me fazer um grande favor?visite meu blog...e me siga..pois eu já estou te seguindo.abraços

http://desenhospoeisiascomportamento.blogspot.com/

Daniel Amaral disse...

Os professores merecem mesmo esta e muitas outras homenagens.
Parabéns pelo seu blog. Muito bonito.
Quando puder, dê uma olhadinha no meu e, se quiser, podemos trocar links.

Um abraço deste brasileiro em Portugal.

Daniel
www.amorepoesia.org

Ricardo Calmon disse...

Belo e intenso tributo,à classe que parte faz da formação do cidadão,os mestres da Vida!

Viva a Vida!

Estão na Chuva.