sexta-feira, 14 de maio de 2010

Folhas

Hoje o dia amanheceu triste.



Um daqueles dias frios e chuvosos em que o vento desfolha as árvores e leva as folhas para longe. Àquelas folhas que brotaram, cresceram e enfeitaram aquela árvore num período de tempo. É assim o ciclo da vida, nós somos como as folhas que enfeitam a árvore da vida e num dia como hoje, seremos levados pelo vento. E apesar de sabermos que é assim que deve ser, nós (folhas), que ainda ficamos agarrados à árvore choramos a perda daqueles que se foram.


É inevitável o choro, a saudade. Mas aquelas folhas que se foram, não estão sem rumo, perdidas ao vento ou sem propósito. Elas vão ao encontro de Deus. Porque é assim com todas as coisas vivas da Terra.


E essa folha não é porque secaram e aparentemente estão “esquecidas” a beira de algum lugar, é que estão também esquecidas aos olhos do PAI. Ele sabe de todas as coisas, ele as criou, ele conhece a essência de cada uma de suas criaturas.


Não importa quem somos o que somos, o que fazemos, o quanto erramos, Ele, nosso PAI ETERNO, como pai amoroso e misericordioso que é, nos perdoa e nos livra todos os dias, nos protege de todo mal. E por esse amor ser tão grande , só ele é capaz de nos tirar a vida. Porque ele sabe de todas as coisas, ele não nos tira a VIDA, ele nos da a VIDA. E quando um vento soprado por um de seus anjos nos tira da árvore da vida,ele não está nos castigando por algo que não soubemos fazer direito, ele está nos protegendo das coisas do mundo, está nos livrando dos sofrimentos do mundo. DEUS, nosso pai eterno nos deu a vida e o nos deu o livre arbítrio, para que cada um de nós façamos o que achamos melhor da Vida e para que cuidemos dela com amor. Mas qualquer coisa que fizermos, não importa o quê, a última palavra sobre nossa vida, SEMPRE será dele.


Não há como questionar as vontades de Deus, não há como questionar o amor de Deus.

Essa é uma mensagem em homenagem ao meu irmão. Que faleceu domingo 09/05/2010, aos 34 anos, vítima de uma acidente de carro. Ele era aos olhos de sua família e amigos era uma pessoa maravilhosa e querida. Que como todo filho de Deus, e que tem o livre arbítrio, cometeu erros, cometeu desobediências, mas que aos olhos de DEUS, nosso pai , ele era o filho perfeito. Tão perfeito que o levou mais cedo para junto dele. Porque DEUS, o criador da árvore da vida, ele sim, é o ÚNICO que conhece os corações de suas folhas e só ele conheceu o coração do meu irmão.
 
Eu te amo. Descanse em Paz.

4 comentários:

Leila disse...

Olá,

Achei muito bonita a comparação que vc fez com as folhas. As que estão pregadas nas árvores e as que se vão com o vento. Sinto muito o falecimento do seu irmão. Sei como deve ser difícil perder uma pessoa num acidente, já que ela não estava doente nem nada.

bjs

Sonia Regly disse...

Obrigada pela visitinha lá no Compartilhando as Letras.
Estarei orando para deus consolar seu coração e enchê-lo de paz e alegria. Volte outras vezes.
Beijinhos
Sonia

Lidia Ferreira disse...

Sei o que esta sentindo , tb perdi uma irmã , apesar de fazer mais de 10 anos sinto muita saudades
Essa sua dor vai passar e no lugar ficara uma grande saudades, tenha força
Linda homenagem que vc fez a ele
Fica com Deus

Ane Câmara disse...

Antes de mais nada quero prestar minha solidariedade diante de tamanha perda. Mantenha a Fé, as boas lembranças, Força para continuar seguindo seu caminho e para apoiar aqueles que precisam de ti. Procure acalentar seu coração e sua saudade, com a certeza de que foi feita a vontade do Pai.
Seu blog está lindo! Aproveite para aqui colocar tudo o que sentes hoje e sempre.
Receba meu abraço!
Mil beijinhos, com carinho,
Ane Câmara.

Estão na Chuva.