quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Anjo

Acordei essa manhã e vesti meu par de asas tortas,
ajeitei as penas espreguicei e sai pela janela.
Fazia frio e a garoa pesava sobre minhas asas,
parei para descansar na sua janela, lá embaixo avenida
movimentada, tráfego de ônibus e carros e pessoas atrasadas .
Daqui do lado de fora pude ver você dormindo, meus olhos molhados,
a garoa escorrendo pelo meu rosto.
E eu sempre te achei lindo, você nunca acreditou,
mas se pudesse por um instante ter meus olhos agora, saberia porque
te acho lindo, dormindo, a boca entreaberta,olhos fechados levemente,
sonhos azuis talvez...
Saudade de você , saudade do teu riso, dos teus olhos tão azuis quanto
teus sonhos, por isso parei para descansar minhas asas tortas perto de ti hoje.
Ah sim, eu sei que não pode me ver, porque teus olhos estão fechados e tua
alma descansa e nem ao menos pensa na minha, eu sei.
Mas mesmo assim deixarei umas penas aqui na sua janela...


imagem Google

2 comentários:

Mågø Mër£Îm disse...

Eu tbm num acredito em quem me acha lindo...rs Mas o texto, esse sim ta lindo

beijo

Momentos de Insanidade e Lucidez disse...

Achei lindo. Gostei do espaço

Estão na Chuva.